• Historial do Colégio Paula Frassinetti

    Fachada do colégio

    O Colégio Paula Frassinetti iniciou a sua atividade no ano letivo de 1987/1988, em consequência da tomada de propriedade do Colégio Lar dos Pequeninos (fundado em 1954) que, durante vários anos, funcionou no mesmo edifício, onde teve um período de forte ação pedagógica. Porém, na altura da mudança de propriedade, o edifício escolar havia chegado a um estado de degradação bastante acentuado, a estrutura material estava demasiado envelhecida e a estrutura humana reduzida a três docentes, cinco auxiliares e trinta e cinco alunos.

    A nova gerência, a partir daquele ano letivo, tomou a seu cargo a reanimação do Estabelecimento, promovendo o restauro do edifício escolar, o seu reapetrechamento material e humano e a atribuição legal de uma nova denominação, COLÉGIO PAULA FRASSINETTI, iniciando o seu próprio projeto educativo, na base de um ensino de qualidade, enquadrado no sistema educativo em vigor, com alvará do Ministério da Educação, em regime de Paralelismo Pedagógico (definitivo), de acordo com o Estatuto do Ensino Particular e Cooperativo.

  • Descrição do Colégio Paula Frassinetti

    O Colégio, instituído numa força abrangente de mais de uma centena de crianças, adota como "ideia-força", uma forte vocação para a Educação Pré-Escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico.

    Segue planos de estudo e conteúdos programáticos legais, mas, por outro lado, imprime o seu cunho próprio relativamente à metodologia, adoção de instrumentos escolares, avaliação de conhecimentos e atividades de enriquecimento dos currículos, caracterizado na concretização de uma formação global dos Alunos, que não desmereça de valor em relação aos correspondentes níveis de ensino a cargo do Estado.

    O conjunto das pessoas que exercem a sua atividade no Colégio Paula Frassinetti participa ativamente para que os alunos tenham, efetivamente, aquilo a que todas as crianças deveriam ter direito:

    “UM BOM PRINCÍPIO DE VIDA”


    Fundamentado nos Direitos Universais da Criança, designadamente no sentido de a proteger de preconceitos sociais ou religiosos e de lhe oferecer um ambiente de paz e boa vontade, com saúde e dignidade, onde reina o afeto, a estabilidade e a confiança. Pretendemos que os nossos alunos aprendam a compreender o valor da justiça, da liberdade, da solidariedade e da amizade… enfim, privilegiamos a relação humana.

    Baseados na interajuda família-escola, trabalhamos para um bom desenvolvimento da criança, dando especial relevo ao contacto individual do Encarregado de Educação com a respetiva Educadora de Infância ou Professora.

    As crianças vêm, normalmente, do ambiente familiar (pais e avós), da classe média e alta (profissões liberais, funcionalismo, empresários, corpo diplomático, etc.). Acolhe também educandos de famílias de menores rendimentos, que podem beneficiar de apoio financeiro por parte do estado, mediante o nível de capitação das famílias, comprovado legalmente através de mecanismos celebrados entre o Estabelecimento e o Ministério da Educação (Contratos Simples ou de Desenvolvimento).

    A opção dos Encarregados de Educação por estes estabelecimentos de menor dimensão, mais próximos do ambiente familiar, perto da residência ou do local de trabalho, requer dos profissionais (Docentes e Auxiliares) um melhor acompanhamento, sem rutura com o ambiente familiar, mas empenhado na socialização e educação da criança, que conduza à sua harmoniosa formação infantil.

    Neste contexto, o Colégio propõe às famílias uma educação de qualidade, relacionada com as respetivas faixas etárias.

    Dos três aos cinco anos:

  • Promove a Educação Pré-Escolar, tendo por objetivo garantir à criança, desenvolvimento, socialização e instrução, através do respetivo currículo, no qual se inserem disciplinas de iniciação de Educação Física, Educação Musical, Informática (a partir dos 4 anos) e Inglês, dadas por professores das especialidades.

    A partir dos 6 anos:

  • Dá continuidade à educação e instrução da criança, através de quatro anos de escolaridade, procurando cumprir com eficácia os currículos oficiais comuns à generalidade da população no 1º Ciclo do Ensino Básico, enriquecidos com as disciplinas de Inglês e de Informática, procurando assim preparar as crianças para um bom prosseguimento de estudos no nível seguinte.

    Oferece, ainda, às famílias que o desejem, complementos de valorização das crianças, ou de simples atendimento fora dos tempos curriculares:

    - Frequência de disciplinas de enriquecimento do currículo: Piano, Guitarra, Ballet, Judo, ou outras, com professores da especialidade;

    - Acompanhamento no Colégio, em regime de tempos livres;

    - Sala de estudo.

    Inscrições:

  • O Colégio Paula Frassinetti tem uma taxa de ocupação, cujo limite é de cerca de 130 alunos, distribuídos nas diferentes faixas etárias. As pré-inscrições processam-se durante todo o ano letivo na Secretaria do Colégio, ficando os interessados em lista de espera para as diferentes classes. As Inscrições / Matrículas processam-se de janeiro a junho até se completar a lotação das respetivas salas.

    Acolhimento dos Alunos:

  • No início de cada ano escolar, o acolhimento dos Alunos, constitui uma significativa preocupação pedagógica do Estabelecimento, envolvendo todo o corpo docente e auxiliar, no sentido de permitir aos Alunos, o conhecimento geral das instalações, suas capacidades, modificações e conservações introduzidas nos espaços, conhecer de novo ou rever professores e colegas e contacto inicial com novas tarefas.

    Recreios:

  • Separadamente para o Pré-Escolar e Ensino Básico, mas também, sempre que possível, em conjunto, tem particular importância a ação desenvolvida pelo corpo auxiliar, no sentido de uma interligação salutar entre a noção de vigilância e a liberdade das crianças na ocupação dos seus tempos livres.

    Refeitório:

  • O acompanhamento das refeições é feito pelo corpo docente e auxiliar, com funções educativas neste aspeto da vida escolar e que é fundamental como ação integradora da formação das crianças. Está equipado para atender, em dois turnos, as refeições (almoço e lanche) confecionadas no Colégio, em cozinha provida de equipamento moderno ou para servir as refeições dos alunos, vindas de suas casas, conforme opção dos Encarregados de Educação.

    Instalações Sanitárias:

  • Em cada piso do Edifício existe o equipamento sanitário adequado a crianças e adultos.

    Transporte:

  • O transporte em autocarros, utilizados nas visitas de estudo, bem como nas idas à Praia na época de Verão, é fornecido por firmas da especialidade, mediante contratos anuais.

    O Colégio não possui transporte próprio para o serviço Casa/Colégio/Casa dos seus alunos, mas poderá dar indicação aos Encarregados de Educação de firma especializada que assegure esse serviço, com atendimento personalizado e seguro.

    Uniforme:

  • Todos os alunos deverão usar, obrigatoriamente, o uniforme do Colégio.

  • Organização e Funcionamento do Colégio Paula Frassinetti

    Organigrama

    Para o Pessoal Docente, são observadas não só as exigências académicas (Licenciatura), bem como a avaliação da prática que garanta uma actividade eficiente nas respectivas áreas.

    Ao Pessoal Auxiliar é exigido formação adequada ou o nível de ensino básico e uma boa prática profissional com sentido humano de responsabilidade para trabalhar no mundo da criança.

    Nas salas de aula da Educação Pré-Escolar e do 1º Ciclo há ainda estagiárias das Escolas Superiores de Educação e das Escolas Profissionais (com quem o Colégio estabelece protocolos), as quais trabalham em estreita colaboração com o Pessoal Docente.


  • Projeto Educativo do Colégio Paula Frassinetti

    O nosso Projeto Educativo é o reflexo da escola que queremos ser.

    Espaço de aprendizagem

    A nossa equipa pretende que o COLÉGIO PAULA FRASSINETTI seja um espaço comum de aprendizagem, criatividade e intervenção. Deste modo, todos são chamados a colaborar na realização de tarefas específicas de cada um, não esquecendo, contudo o espírito de solidariedade que deve presidir à vida em comunidade.

    Preocupamo-nos não só com o que ensinar e como fazer, mas também, e sobretudo, com o porquê e para quê ensinar e fazer.

    Achamos que é importante a participação ativa dos educadores e dos educandos em reflexões sobre os valores presentes na sociedade e nas diversas atuações, pois consideramos que através dessa reflexão se desenvolvem competências para decidir e intervir conscientemente nas situações reais.

    Os nossos principais objetivos são:

    •  - Reconhecimento da educação enquanto ato social
    •  - Aprendizagem ativa, que se orienta para o aluno na sua dimensão individual e social
    •  - Currículos centrados na pessoa e nas vivências do quotidiano


    O papel do Professor é o de configurador (não se prende ao programa e segue o currículo no sentido de o adaptar às situações e especificidades dos contextos e das situações reais), parceiro, animador, medidor e gestor de projetos, de processos e de situações de aprendizagem, estimulando nos alunos competências não só cognitivas mas também de desenvolvimento pessoal, relacional e social.

    Aluno no quadro

    O papel do Aluno é o de "Protagonista do ensino" e interveniente ativo na construção da aprendizagem, que reflete com o professor e os colegas as situações de aprendizagem numa relação próxima com as situações da vida real.

    A avaliação focaliza-se na análise do currículo, na sua globalidade, nos significados de diferentes opções e nos efeitos que ocorrem nos processos do seu desenvolvimento. Assume, assim, características de investigação e de formação. Recorre a procedimentos de autoavaliação e envolve todos os atores educativos.

    Pretendemos, portanto, desempenhar um papel dinamizador no desenvolvimento de aptidões, atitudes e valores que ajudem os alunos a integrar-se de modo capaz e crítico no espaço escolar e, mais tarde, noutros estabelecimentos de ensino (onde seguirão os seus estudos) e na sociedade.

  • Protocolos entre Colégio Paula Frassinetti e outras entidades

    Nas salas de aula da Educação Pré-Escolar e do 1º Ciclo estão presentes estagiárias das Escolas Superiores de Educação e das Escolas Profissionais com quem o Colégio estabelece protocolos, que trabalham em estreita colaboração com o Pessoal Docente.

    Instituto Superior de Educação e Ciências
    Escola Superior Maria Ulrich
    Escola Profissional de Pedagogia Social
    Escola Magestil



    O Colégio acolhe educandos de famílias de menores rendimentos, que podem beneficiar de apoio financeiro por parte do estado, mediante o nível de capitação das famílias, comprovado legalmente através de mecanismos celebrados entre o Estabelecimento e o Ministério da Educação (Contratos Simples ou de Desenvolvimento).


    No âmbito das atividades de enriquecimento do curriculo, o Colégio trabalha com as seguintes entidades:

    Educação XXI: Informática na Educação
    Inglês para crianças: aprender Inglês a brincar
    Science4you: ciência experimental em escolas